Fim da TV Analógica: não deixe para a última hora!

Sabemos que o sinal analógico está com os dias contados, mas afinal, por que as TVs antigas não funcionarão mais?

As TVs antigas (de tubo) irão parar de funcionar para deixar as operadoras de telefonia móvel usar o mesmo sinal (banda de frequência 700MHz). Esta medida é necessária para que haja melhoria no sinal de celular em todas as cidades e se diminua o número de torres de celular espalhadas.

Isso ocorre porque o 4G possui banda de frequência de 2,5GHz, que é muito sensível a espaço fechados, morros, túneis e até em dias de chuva. Quando as operadoras começarem a usar a banda usada atualmente pela TV analógica, o sinal irá melhorar muito e o número de antenas pode chegar até 4 vezes menos para cobrir o mesmo espaço que hoje, ou seja, se um bairro usa 4 torres, passará a usar apenas uma. Menos torres, mais dinheiro para as operadoras investirem em melhoria de sinal e em outras cidades.

Para pessoas de baixa renda a empresa Seja Digital fará a distribuição gratuita do kit com antena e conversor destinado aos beneficiários dos Programas Sociais como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica, dentre outros. Para agendar a entrega e tirar dúvidas, a empresa disponibiliza o número de telefone 147 ou o site da empresa.

Veja algumas opções para continuar recebendo o sinal:

1. Para manter a TV antiga você precisa comprar um conversor digital que custa em média R$ 150,00 e instalar uma antena, caso não a tenha.
2. Se já tiver uma TV com conversor embutido, basta instalar uma antena que suporte receber sinal digital.

É importante manter atenção nas datas de suspensão do sinal. Em Belo Horizonte, Recife, Salvador e Fortaleza, por exemplo, o sinal analógico será cortado no dia 26 de julho. No Rio de Janeiro e Vitória, em 25 de outubro, enquanto Curitiba, Porto Alegre e Florianópolis o sinal analógico será cortado em 31 de janeiro de 2018.

Qualquer dúvida entre em contato.

Gledson Santos é engenheiro, consultor em Tecnologia, Especialista em TI e Telecomunicações.

Facebook: @tendenciasetecnologia Twitter: @itclose2u