Plano de negócios: a tecnologia como aliada

Abrir seu próprio negócio, deixar de ter patrão e poder trabalhar para você mesmo é o sonho de muitos brasileiros. O desejo não é tão simples quanto parece e, às vezes, ter o dinheiro inicial para seu investimento não é a solução de todos os problemas para deixar de ser assalariado.

Ter conhecimento sobre algumas soluções tecnológicas pode não só alavancar sua empresa como economizar para os investimentos mais importantes do seu novo empreendimento. Vamos ver algumas dicas simples para começar um negócio com uma empresa atualizada tecnologicamente.

1. Propaganda é a Alma do Negócio.

Esse é o ponto onde a tecnologia pode melhorar e muito o alcance do seu negócio. Primeiramente tenha um site de sua empresa. Existem várias operadoras que além de hospedar seu site, ainda dão suporte ao e-mail corporativo e são mais seguras contra paralisações e quedas do que ter tudo isso em casa ou no escritório. O uso e vínculo de um e-mail corporativo com o nome da sua empresa após o @, torna além de uma fortificação da sua marca, um ganho de credibilidade. E-mails como Yahoo ou Hotmail são ótimos como pessoais, mas quando usado por empresas da a impressão de algo pequeno e despreparado.

Após ter um site, a divulgação em Redes Sociais ajuda na divulgação da sua página e por consequência torna seu produto mais visível. Hoje quase metade dos brasileiros possui Facebook e 47 milhões deles acessam diariamente. Ter uma Fun Page ajuda a divulgar para milhões de usuários em potencial. Twitter e LinkedIn são altamente abrangentes, mas o primeiro, mais com o escopo de interação rápida com o usuário e o segundo para mostrar o currículo de quem esta por trás da empresa e seus funcionários. Estar na internet facilita no momento da busca que o usuário faz quando navega, e todas essas empresas possuem e vendem mecanismos que ajudam na visualização de sua página na hora da procura por um produto que você vende.

2. Tenha uma infraestrutura básica.

Verifique com a operadora de telefonia um pacote básico de serviços, onde possa ter números de fácil memorização, tanto para celulares como para telefones fixos. Se tiver a necessidade de ter mais de 10 linhas o ideal é optar por um PABX, o que facilita manter apenas um número chave, o que ajuda na divulgação da empresa, e fora do horário comercial, colocar uma gravação de anúncio com os produtos da empresa e/ou horário de funcionamento. As mesmas empresas que fornecem as linhas podem fornecer os equipamentos de PABX, a internet e os celulares. Hoje, dar preferência para Smartphones para um empresário é questão de necessidade e não luxo, pois ao mesmo tempo em que se pode estar fisicamente fora da empresa, pode através do celular ter contato com os funcionários, relatórios e seu site ou de fornecedores.

3. Serviços de Hospedagem e Segurança.

Possuir o banco de dados em equipamentos locais pode ser mais barato em um primeiro momento, mas a segurança e perda de todas as informações podem levar a prejuízos incalculáveis para seu negócio. Atualmente, além das próprias operadoras de telefonia, outras tantas oferecem serviços de Cloud Computing e segurança da informação que são comercializados como serviço, ou seja, não existe necessidade de investimento com compra de equipamentos. Sem falar que a aquisição é por serviço, e paga-se na proporção em que seu negócio cresce, ou seja, não corre o risco de comprar mais do que o necessário, além de ter serviço de manutenção e garantia de funcionamento previamente acordados e dentro da mensalidade. Se seu negócio depende de vendas on-line o tempo de um site fora do ar significa prejuízo!

4. Terceirize.

Terceirizar no mundo da tecnologia não significa somente contratar mão de obra com um funcionário dedicado aos serviços de TI para trabalhar para sua empresa, mas tão somente contratar os serviços de uma empresa. Não se contrata quem faz, mas o quê se faz e pela quantidade que se faz, tudo isso previamente acordado. Dentre os serviços estão além dos de todos os serviços citados acima e suas manutenções, como softwares antivírus, backups de segurança, licenças de quaisquer softwares e até desenvolvimento e adequação de software para uso exclusivo da sua empresa.

A tecnologia pode estar ao seu alcance, com um custo não tão alto, além de disponibilizar mais tempo para você tratar do que você tem mais conhecimento: seu negócio!

Gledson Santos é especialista e facilitador de treinamentos nas áreas de vendas e tecnologia na Legado Coaching e Treinamentos, e gerente de negócios na Telefonica|Vivo.